Buscar
  • Mario Teixeira

'La Boqueria' completa 180 anos como a alma da gastronomia da Catalunha

O principal mercado público de Barcelona, que completou 180 anos de atividades em março, enfrentou a pandemia com valentia e manteve sua programação de eventos



Símbolo da gastronomia de Barcelona e destino certo de milhões de turistas que passam anualmente pela cidade catalã, o Mercat de Sant Josep, mais conhecido como 'La Boqueria', completou em março 180 anos. Ao contrário de um lugar velho, o espaço se moderniza a cada dia e busca mais excelência no atendimento aos comerciantes, moradores e turistas, inclusive adaptando-se ao 'novo normal', com a instalação de uma bica para a lavagem das mãos na entrada, por exemplo.


Antes que a cidade de Barcelona derrubasse suas muralhas, na segunda metade do século XIX, produtores agrícolas da região vendiam seus produtos do lado de fora da cidade, na planície da Boqueria, em frente ao portal da Boqueria, para fugir à cobrança de impostos. No século XVIII, na medida que a Rambla foi adquirindo importância como passeio público, os açougues nela situados foram transferidos para as proximidades do pomar do antigo Convento de São José, fundado em 1.586 pelas Carmelitas Descalças.


Em 1.835, quando a população queimou todos os mosteiros da Rambla, foi construída uma grande praça onde ficava o Convento de São José, que passou a abrigar o mercado. Em 19 de Março de 1.840, dia de São José, foi iniciada a construção da primeira cobertura de La Boqueria, sendo a atual, metálica, planejada e executada em 1.914.



Apesar do tempo, o mercado apresenta-se cada dia mais moderno, antenado com os novos tempos e o 'novo normal'. Há uma série de ações sendo feitas para melhorar ainda mais a qualidade e apresentação dos produtos, dar uma melhor performance aos restaurantes e reforçar cada vez mais a imagem do Mercado como um pólo de gastronomia de qualidade. Ações estão sendo desenvolvidas para os donos das barracas, como a melhoria da qualidade da água utilizada no preparo dos alimentos.


Segundo o presidente do Mercado, Salvador Capdevila, há uma evolução constante em 'La Boqueria', com novos produtos e formas de comercialização, além do aprimoramento da relação com os visitantes catalães e estrangeiros. Nos meses de Julho e Agosto não houve nenhum evento dos 180 anos de sucesso, mas há a previsão de uma ampla discussão sobre a cozinha local, a cozinha internacional e o convite a diversos grandes chefs europeus para uma reflexão sobre os caminhos da gastronomia.

3 visualizações
  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter

© 2020 por Mario Teixeira